Connect with us
(Foto: Divulgação / Manoel Vanderic)

Gente da Cidade

Vanderic leva idosa ao RJ para realizar sonho de conhecer o mar

Dona Lázara traz nos ombros uma triste história, mas delegado decidiu marcar vida dela de um jeito diferente

Todo mundo coleciona sonhos de infância. Uns desejam conhecer Paris, outros o mar e alguns só querem saber como é andar de avião.

Sonhos são mais bonitos quando são realizados, e foi pensando nisso que a Delegacia do Idoso criou há três anos o projeto Realize Um Sonho.

Desta vez, quem está vivendo um conto de fadas é a dona Lazara Vaz, de 66 anos, que mora há mais de 15 anos no abrigo São Vicente de Paulo e está realizando nesta terça-feira (14) o grande desejo de pisar na areia e mergulhar no mar.

Através dessa iniciativa, o delegado Manoel Vanderic, titular da Delegacia do Idoso, conseguiu marcar uma viagem para que ela passe uma semana no Rio de Janeiro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

De acordo com Vanderic, dona Lazara era dama de companhia de uma família rica antes de ir para o abrigo, mas foi deixada quando os mais velhos da família faleceram.

“Ela tem Alzheimer e não possui familiares conhecidos. Mas tem a memória de anos atrás e se recorda do luxo da casa que morava, das viagens que acompanhava como dama de companhia, mas detalha que nunca pode usufruir desses confortos. Então alimenta sonhos como aproveitar de fato esses lugares e comer coisas que lhe eram privadas”, relatou.

Cheia de sonhos de menina, ela também já teve uma outra realização: secasar. Isso porque há dois anos um padre foi até o abrigo e realizou uma cerimônia simbólica apenas para que ela pudesse sentir o prazer de se vestir de noiva.

Projeto

Segundo o delegado, desde a criação do Realize Um Sonho vários idosos já tiveram pequenos desejos atendidos. Isso porque muitos tem vontades simples de serem resolvidas.

“Já teve idoso que tomou banho em banheira de chocolate, ganhou transformação, pintou o cabelo, andou de avião e até foi pescar”, citou.

Apesar da simplicidade, ele explica que ainda há muito o que ser feito, pois muitos idosos ainda estão esperando, mas a falta de condições impedem de realizá-los com mais frequência.

“Temos cerca de 100 idosos com sonhos para serem realizados no fim da vida e que precisam de apadrinhamento. Coisas tão simples como comer doce de leite, encontrar uma namorada, ganhar uma imagem religiosa, reencontrar os filhos. Na maioria são fáceis de serem realizadas mas não temos condições em razão do tempo e das outras demandas dos abrigos, questões de saúde e dificuldades orçamentárias”, explicou.

Para apadrinhar um dos idosos, conta Vanderic, é necessário apenas entrar em contato com a Delegacia do Idoso pelos telefones (62) 33282736 e (62) 33282737 e solicitar a lista de sonhos.

Quer comentar?

Comentários

teamoanapolis@portal6.com.br

Mais Gente da Cidade

Agenda Cultural

Listas

Subir