Connect with us
(Foto: Reprodução)

Gente da Cidade

Idosos que não liam agora estão sendo alfabetizados por essa jovem de Anápolis

Projeto cresceu e agora Tarcilla Suzy precisa de materiais escolares e voluntários para continuar

Uma iniciativa muito bacana está chamando atenção em Anápolis. Se trata de uma mulher que decidiu aproveitar todos os seus momentos livres para se dedicar à alfabetização de idosos.

Tarcilla Suzy, de 26 anos, é higienizadora da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e, ao participar como presidente de uma seção eleitoral nas eleições municipais, percebeu a dificuldade dos velhinhos para assinar o próprio nome.

“Eles tinham dificuldade e muita vergonha. Então, eu pensei que precisava ajudar de alguma forma. Sei que muitos vão aprender e parar por ali, mas fico muito feliz em saber que vão conseguir ao menos pegar um ônibus, entender as palavras e escrever o nome. No início, começamos atendendo só o Residencial Copacabana e hoje já temos alunos da cidade toda”, contou.

O projeto de alfabetização começou há nove meses e já tem aproximadamente 12 voluntários, como pedagogos e auxiliares de sala. Ao todo, 34 pessoas já são atendidas e participam semanalmente das aulas.

Além do ensino, a idealizadora do projeto relatou que o grupo trabalha também para realizar os sonhos desses idosos.

“Tinha uma idosa que sonhava em comer carne de sol, corremos atrás para realizar o sonho dela. Outros três idosos sonhavam em conhecer Goiânia e levamos para conhecer. Nosso foco é alfabetizar e realizar sonhos. Arrecadamos cestas básicas também pois são muito humildes”, explicou Tarcilla.

No próximo sábado (26), uma nova turma será iniciada e os interessados em participar devem se deslocar até o IFG, às 15h, para fazer matrícula e começar a estudar.

Como o projeto é todo gratuito, Tarcilla está recebendo doações de materiais escolares, como caderno, borracha, lápis de escrever, lápis de cor, folhas de E.V.A, papel TNT, cola, apontador e tesoura para ceder aos alunos.

Também está sendo arrecadado alimentos para que seja possível ofertar lanches durante as aulas.

Os interessados em ajudar podem entrar em contato pelo telefone (62) 9 8131-2511 ou entregar os produtos diretamente na Delegacia do Idoso de Anápolis.

teamoanapolis@portal6.com.br

Mais Gente da Cidade

Agenda Cultural

Listas

Subir