Connect with us
(Foto: Divulgação)

Vida Urbana

Definidos os 18 ambientes da terceira da edição da Mostra Kzulo

Exposição, desta vez, tem como tema a Colonização Árabe em Anápolis

Já não é nenhuma novidade que a terceira edição da Mostra Kzulo vai se aprofundar na vida de famílias árabes que vieram para Anápolis e acabaram se tornando parte importante da cidade.

Para contar essa história, o evento acontecerá no casarão do empresário Fued Homsi e a esposa Mouna Zac Zac, localizado na Rua Sete de Setembro.

A expectativa é que as obras sejam iniciadas na primeira semana de maio e as portas da casa sejam abertas para exposição no dia 21 agosto.

Conforme a organização do evento, a mostra contará com 18 ambientes e todos eles já foram detalhadamente definidos. Veja quais são:

Bilheteria
A bilheteria é a porta de entrada. Um ambiente em que será retratado o processo de migração árabe no município, desde a saída da terra natal até a chegada ao município de Anápolis. Neste local, será possível conhecer histórias de pessoas que passaram por guerras e problemas econômicos, mas que, em meio ao sofrimento, tiveram a esperança de uma vida melhor e o acolhimento em uma terra distante.

As primeiras horas no Brasil
Com a chegada ao país, os árabes passam a observar atentamente a cultura brasileira, buscando conhecer o ambiente em que passarão a viver. Neste espaço, será exibido as principais famílias árabes que escolheram o município de Anápolis para construírem uma nova história.

Integração
Após a chegada ao Brasil e a Anápolis, as famílias árabes encontram maneiras de se integrarem à cultura local. Este é o espaço para saber como foi o período de integração com a cultura local e a luta para preservação da cultura dentro de um ambiente totalmente diferente da terra natal.

Encontro de mulheres árabes
As mulheres árabes têm o costume de fazer reuniões privadas, sem a presença de homens. Nada mais justo do que oferecer a elas um local próprio, onde possam saborear delícias árabes e conversar sobre assuntos diversos.

Arte árabe e seus encantos
Os árabes ficaram conhecidos ao longo do tempo pela dedicação às artes, como pintura, poesia, fotografia, cinema e música. Retratar os artistas dos diversos países será um dos grandes desafios desse ambiente.

Reunião de empresários árabes
Os empresários árabes possuem pontos de encontro, sejam bares, restaurantes, cafés ou na casa de um amigo. Neste espaço será possível saber o que pensam esses homens que desenvolvem negócios em Anápolis. É um ambiente para tratar não só de negócios, mas para servir de válvula de escape em meio às preocupações do dia-a-dia.

Esperança no futuro – a chegada do bebê!
O nascimento de uma criança na família árabe é um momento único, rodeado de amor, esperança, carinho e, claro, a esperança de um futuro promissor. Após as dificuldades da guerra, a desesperança, o sofrimento por abandonar a terra natal e a chegada em um mundo desconhecido, o filho chega e traz luz em meio à escuridão inicial. Seja menino ou menina, a criança representará a manutenção da família e terá um futuro pela frente para conquistar seus sonhos.

Jogo de espelhos
Neste ambiente, será contada a história de personagens famosos da história árabe, em um jogo de espelhos que ao mesmo tempo alucinante e que remete a uma viagem no tempo

Espaço tecnológico
Este ambiente está localizado em um quarto especial da casa, que pertenceu a um dos filhos dos donos da residência, o jovem Roberto Homsi, que morreu em um acidente de carro há mais de 20 anos. Este quarto representará a modernidade, as tecnologias, a sofisticação, o gosto pelas novidades e o bom gosto dos descendentes de árabes.

Quarto do casal
É encantadora a história do casal Fued Homsi e Mouna Zac Homsi , que representa as famílias árabes anapolinas. Nascidos no Líbano e Síria, respectivamente, eles eram primos, se casaram em Anápolis e tiveram dois filhos. Fued foi empresário do ramo de imóveis e atuou durante muito tempo como proprietário da empresa atacadista Armarinhos Brasil Central. Mouna Zac Zac, empresária, foi o braço direito do marido nos negócios e atuou como uma das principais representantes da Sociedade Árabe Beneficente.

Música árabe e seu poder hipnótico
A música árabe merece um ambiente dedicado às suas melodias encantadoras, que hipnotizam os ouvintes, fascinados pelos sons. Será o momento para conhecer a boa música e, quem sabe, até mesmo dançar ao som de cantores típicos.

Da indústria para a mesa das famílias
Parte da comida que vai para a mesa das famílias árabes e brasileiras começa a ser produzida em fábricas pertencentes a árabes que vieram para Anápolis. Muitos possuem indústrias de açúcar, alimentos e diversos outros produtos que são usados como matérias-primas, como farinha, cereais, dentre outros. Neste ambiente haverá uma reprodução do processo de produção de comidas árabes, desde a indústria até a preparação dos pratos típicos.

A família árabe reunida – fartura e alegria
A sala de jantar de uma família árabe é mais do que simplesmente um ambiente para as refeições. No local, familiares se reúnem em um grande encontro, para comerem, conversarem, saberem como está a vida dos parentes e festejar datas comemorativas.

Sala de tevê
O homem e a mulher árabes de Anápolis gostam de ter um espaço para assistir a seus programas de televisão favoritos. Neste local, o estresse do dia-a-dia fica para trás e os árabes se conectam com as novidades que estão ocorrendo ao redor do mundo. Atualmente, vários canais árabes são disponibilizados para o Brasil. O espaço também é destinado a reuniões privadas entre amigos e familiares, que se reúnem, apreciam chás e cafés, comem aperitivos e passam por momentos descontraídos.

Café das Delícias
Os povos árabes cultivam entre si uma convivência harmoniosa, independentemente da religião, do poder econômico, filosofia de vida, cultura ou qualquer outro parâmetro social. Aqui neste espaço, você vai poder observar a união dos povos árabes em um ambiente pacífico, onde todos se respeitam, todos se alegram e, claro, comem juntos.

Palácio de Aladim 
O banheiro árabe é luxuoso, com itens que remetem ao glamour e ao bom gosto. Local de intimidade, as toaletes disponíveis para o público vão encantar quem acessa o ambiente. Neste espaço serão diversos itens que remetem ao requinte, como perfumes, uma decoração luxuosa e peças encantadoras.*

Dos cedros ao Cerrado
O Líbano é um país rico em recursos naturais e ficou conhecido, principalmente na Bíblia Sagrada, pelos cedros que o rei Salomão utilizou para construir um templo. Apresentar um ambiente que mescle as características ao Cerrado Goiano e a vegetação escassa libanesa será o trunfo deste espaço.

Inspirações e encantos de uma terra onde o sonho é real
Este talvez seja um dos ambientes mais inspiradores da mostra. É um local onde árabes, geralmente jovens, se reúnem para fumar Narguilé, ouvir uma música mais tranquila e muitas vezes até ensaiar uma batida de Derbake, uma espécie de tambor árabe. Nesse local, serão disponibilizados jogos, como gamão, dama e xadrez e será possível conhecer o Arak, bebida árabe destilada à base de anis.

15 curiosidades sobre a terceira edição da Mostra Kzulo em Anápolis

teamoanapolis@portal6.com.br

Mais Vida Urbana

Agenda Cultural

Listas

Subir